Blog da

Dialética





Dicas para escrever melhor

14/09/2021

Escrever é uma arte e, como toda atividade de criação intelectual, a prática leva à perfeição. Compor uma canção, produzir um bom texto, redigir um bom livro, além de talento, depende de dedicação profunda àquilo que se faz. Para isso, é necessário que o autor encontre um nicho literário com o qual se identifique mais, de forma a tornar a sua escrita cada vez mais fluida. Aqui, listamos algumas dicas para te auxiliar na hora de escrever! 

 

  1. Leia autores da sua área. A principal forma de dominar a arte da escrita é através da leitura, em qualquer formato. Porém, escolher para ler alguns livros de autores que sejam da sua área pode ser de grande ajuda na hora de compor o seu texto. Com a leitura, familiarizamo-nos com termos técnicos, jargões e principalmente com a linguagem de cada área do conhecimento. Fica mais fácil agregar novas palavras ao nosso vocabulário. Com o passar do tempo, identificamos nosso estilo próprio de escrever, por meio da inspiração vinda daqueles que admiramos. É aquela famosa frase de Sir Isaac Newton: se vi mais longe, foi porque me apoiei sobre os ombros de gigantes.
  2. Crie uma boa estrutura para o seu texto. Na elaboração de todo trabalho acadêmico, um dos primeiros elementos a serem requisitados por orientadores e professores é um sumário. E existe um motivo prático para que isso seja feito: criar uma ordem cronológica, quando possível, dos assuntos a serem abordados no seu texto, ajuda a criar harmonia dentro daquilo que você está escrevendo. Assim, você consegue estruturar melhor as ideias, já que agora sabe mais ou menos o que cairá em cada tópico do trabalho a ser escrito. Não significa que precise seguir aquele sumário de forma rígida até o final, mas é um jeito muito bom de criar uma ordem para o seu texto e organizar as suas ideias.
  3. Seja direto na sua escrita. Cada autor possui um estilo próprio de escrever e eu tenho certeza de que você conhece bem o seu. Mas uma coisa é fato: quanto mais clara a escrita de um livro, melhor e mais fluida a sua leitura. Nem sempre uma boa redação vem cheia de termos rebuscados – o que não significa que você não poderá usá-los caso seja uma característica da sua forma de escrever. Porém, sobretudo em termos de didática, quanto mais limpo e claro for o seu texto, melhor para o leitor.
  4. Pesquise! Mesmo se você não for publicar um livro acadêmico, para o qual a pesquisa seria o único caminho possível, mas pretenda escrever um livro de ficção, a pesquisa é o começo de tudo. Características das personagens, questões culturais do lugar sobre o qual você vai escrever, tudo conta na hora de elaborar um bom livro. Quanto mais referências você encaixar na sua obra, mais rica ela será.
  5. Escolha uma boa editora. Essa é fácil! Aqui na Dialética você terá a oportunidade de publicar na maior editora acadêmica do Brasil e parceira da maior editora acadêmica do mundo, a Oxford University Press. As chances do seu livro ter visibilidade na sua área são enormes e a valorização da sua obra é certa. E uma das maiores recompensas de se escrever um bom livro é, sem dúvida nenhuma, o alcance que ele terá sobre os leitores.

 

Gostou das dicas? Acompanhe as publicações aqui do Blog da Dialética para entender cada vez mais sobre o mercado editorial. 

 

Por Estela Vieira


Compartilhe esse post:

Siga nossas redes sociais:


redes


Faria Lima Corporate, Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4509 - 8º andar - Itaim Bibi, São Paulo - SP.
Telefone: (11) 4118-6308